Lavras abre a Semana Nacional do Trânsito com Audiência Pública que pede a duplicação da BR-265

Na bancada membros de várias entidades. Autoridades lutando juntas para que a situação da BR -265 no trecho que liga Lavras a São João Del Rei deixe de ser mais um número negativo nas estatísticas de vítimas fatais em acidentes. De janeiro até agora, 16 pessoas morreram  em  79 acidentes , entre o trecho de Lavras a São João Del Rei. Todas vítimas da imprudência, da falta de sinalização e do trânsito intenso em locais considerados críticos pelas autoridades. Esses números motivaram a realização desta 1º Audiência Pública em Lavras.

Marcos Possato, vereador de Lavras, fala que a situação é muito grave que vários acidentes ocorrem no trecho e por isso as autoridades competentes têm lutado pra conseguir os recursos necessários para melhoraria dessa rodovia.

A BR-265 é a terceira rodovia que mais faz vítimas no estado de Minas Gerais, sua malha viária é de cerca de 916 quilômetros interligando o estado de Minas a São Paulo e aproximando das divisas do estado do Rio de Janeiro e Espirito Santo. Assim como Lavras, a cidade de Itumirim também faz parte das interessadas pela duplicação da rodovia.

Enquanto em Itumirim a rodovia passa somente no trevo da cidade, em Lavras, a 265 contorna o perímetro urbano, o trânsito intenso de caminhões e carros de passeio tem chamado a atenção das autoridades para o trevo do distrito industrial.

Durante a audiência um projeto da criação de uma terceira faixa em pontos críticos da rodovia foi apresentado, solução que para Daniel Gedder, criador do movimento “Somos todos vitimas da BR- 265”, não será tão eficaz. Veja mais informações na reportagem.

Deixe uma resposta

Tamanho da Fonte
Auto Constraste