Polícia Civil conclui inquérito do caso Graal e suposta vítima é indiciada criminalmente

Polícia Civil em Minas Gerais (PCMG) finalizou o Inquérito Policial de suspeita de injuria racial e tentativa de subtração de menor, denunciado por Jamille Stephanie Azevedo, de 22 anos, em junho deste ano.

Os supostos crimes teriam ocorrido no posto Graal, em Perdões, durante a parada do ônibus. Após minuciosa investigação, a policia civil concluiu que a denuncia apresentada inicialmente por Jamille era falsa e, em razão disto, ela deixa de figurar como vitima de tentativa de subtração de menor e injuria racial, e é indiciada  por  denunciação criminosa.

Mais informação você confere ainda hoje na edição das 19h, no  Tvu Notícias, canal 15 UHF e também pelo facebook.

Deixe uma resposta

Tamanho da Fonte
Auto Constraste